Não insultem os católicos!

jesus

Não insultem os cristãos e nomeadamente os católicos, maioritários em Portugal, porque eles também têm sentido de humor e sabem fazer piadas, inclusive sobre si próprios.

Não insultem os católicos, eles também acreditam na igualdade de género, apesar de Eva ser um apêndice de Adão, e de a mulher ter um papel subalterno na hierarquia eclesiástica.

Não insultem os católicos, eles também defendem a liberdade da mulher a dispor do seu corpo e estão a favor da legalização do IVG apesar de a Igreja ser contra.

Não insultem os católicos, eles também compreendem a importância do preservativo, e sabem que amar é mais que procriar.

Não insultem os católicos, eles também não discriminam as pessoas baseadas na sua orientação sexual e acreditam que vários tipos de famílias são possíveis, apesar da discriminação defendida pela Instituição.

Ora, amigos ateus, não sejamos mais papistas que Francisco, e deixemo-nos de paternalismos ofensivos à inteligência dos católicos.

Mal vai o País de Abril quando um partido se sente obrigado a fazer um comunicado a justificar-se por uma piada no facebook, várias vezes ouvida em manifestações pró-igualdade em várias partes do mundo e que foi, inclusive, utilizada por responsáveis cristãos:

http://www.dailymail.co.uk/news/article-3318507/Jesus-2-dads-church-sign-forced-removed-critics-say-message-controversial.html

http://www.independent.co.uk/news/world/americas/jesus-had-two-dads-and-he-turned-out-just-fine-church-sign-attacking-homophobia-goes-viral-8792147.html

Mal vai um País onde um partido se vê na obrigação de meter no saco a liberdade de expressão porque “a Igreja vai ficar ofendida”.

Mal vai um País que defende a liberdade de expressão, que aplaude as caricaturas de Charlie Hebdo de Jesus e de Maomé, “ligeiramente mais ofensivas”…

… e que se agacha com o peso de uma simples figuração, não degradante, de Jesus que de facto tem dois pais nos “Textos Sagrados”:

Lucas 3:22 E o Espírito Santo desceu sobre Ele em forma corpórea, como uma pomba; e ouviu-se do céu esta voz: Tu és o meu filho amado, em ti me comprazo.

Lucas 3:23 Ora Jesus, ao começar o seu ministério, tinha cerca de trinta anos; sendo (como se cuidava) filho de José, filho de Eli;

Mal vai um país dito laico e livre, onde petições circulam falando de blasfémia.

E pergunto, porque raio seria mal Jesus ter dois pais? Saliento que no cartaz não se diz que os dois pais eram um casal, mas mesmo que fossem… ah não é a verdade histórica!

Esta controvérsia rememorou-me outra polémica interessante sobre a possibilidade de Jesus ser negro, como se ser negro fosse um insulto.

Rememorou-me, igualmente, a polémica sobre o célebre sketch do Herman e da última ceia que tanta celeuma causou na altura. Ora é com grande perplexidade que constato que recuámos no tempo e nas mentalidades.

Anúncios

2 thoughts on “Não insultem os católicos!”

  1. Mal vai um país em que se sente a necessidade de enxovalhar, em esfregar na cara daqueles que pensam de forma diferente uma conquista social ou política por muito importante que esta nos pareça. E a liberdade de expressão não se esgota na produção de um cartaz… Mal vai um país em que as pessoas não possam exprimir o facto de se sentirem ofendidas… E há sensibilidades diferentes entre os católicos… Considerar que os católicos pensam todos da mesma forma revela no mínimo desconhecimento… Enfim o cartaz para mim é um episódio anedótico… Mas revela uma coisa: a extrema esquerda ainda tem alguma dificuldade em lidar com a democracia, mesmo quando está ligado ao poder…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s